Este Blog visa a publicação das produções mais significativas alusivas à escrita, realizadas pelos alunos da Escola EB.2,3 de Vieira de Araújo- Vieira do Minho. Eis as turmas envolvidas neste processo de escrita: 5.ºC, 5.ºD, 5.ºE e 5.ºG.
Domingo, 16 de Julho de 2006
...

BIA E O SEU SONHO                                           

           

     Era uma vez uma menina chamada Beatriz, que sempre que se ia deitar na sua caminha cor-de-rosa, fechava os olhos e abraçava-se à sua boneca Florzinha. Depois deste acontecimento, a sua cabeça e o seu pensamento transformavam-se num lindo sonho com lindas princesas enfiadas nos seus belos vestidos em tons de rosa, pérola, violeta ou até dourados com cristais a enfeitá-los, com príncipes elegantes normalmente, vestidos de azul claro e requintados com belos enfeites de ouro, com estrelas radiantes e brilhantes, com flores cheirosas e de várias cores, enfim naqueles sonhos não havia uma única coisa que não fosse encantadora!!!

Beatriz via sempre um príncipe lindo e charmoso num castelo cheio de brilho com cavalos voadores, unicórnios… via também as 3 irmãs do príncipe Ken: Estrela que adorava viajar pelo céu no seu pónei castanho a ver todas as maravilhas, Sissi, a mais pequenina de todas que adorava comer os bolinhos tão docinhos feito pela Dª. Cenourinha (a cozinheira) e a Lídia, uma menina muito educada sempre preocupada com as irmãs, que não conseguia largar o seu jardim mágico, onde ninguém está triste quando está lá, pois é um jardim cheio de flores diferentes e de várias cores…

Beatriz via também já noutro lugar uma jovem bonita chamada Tiara que vivia numa casita pequenita pois era muito pobre de dinheiro, mas no seu coração era muito rica em paixão pelo príncipe Ken, que um dia visitara aquela aldeiazinha à procura de um jardineiro para o seu castelo, foi assim que Tiara encontrou alguém que ocupasse o seu coração…

Certo dia, Bia teve um sonho que parecia real; ela tinha trocado de nome e tinha uma nova vida noutro lugar. Bia era agora a tão bela jovem Tiara que ia ter uma longa história, que saberão já no próximo parágrafo.

Tiara vivia numa aldeia que era muito divertida, apesar de ser muito pobre; e muito longe do castelo do príncipe Ken, depois da floresta negra, um lugar assustador que ninguém se atrevia a pousar lá um pé.

Um dia, Tiara não aguentou mais estar longe do seu amado e resolveu ir ter com ele, tendo que passar a floresta negra sozinha.

Já a caminho do castelo, dentro da floresta fantasma Tiara ouviu um ruído muito estranho por de trás de uns arbustos enormes e decidiu ir lá ver. Quando fez a abertura por entre os arbustos viu, logo de seguida, uma casa enorme, negra, suja e assustadora, com um pântano medroso à volta. Era a casa do malvado Aranho que tinha roubado algumas pessoas e destruído a aldeia da Tiara; era um monstro voador que se podia transformar naquilo que lhe apetecesse, a única coisa que ele queria era alguém para casar, que gostasse dele e que tivesse na floresta negra, como a jovem Tiara, que estava cheia de medo, com mau pressentimento e, por isso começou a correr, mas não sabia que o Aranho tinha um ajudante morcego que adorava sangue e estava sempre a ver do céu se via alguém para o chefe. Até que chegou o momento em que viu Tiara e desceu logo em rapina e apanhou-a num segundo.

Tiara estava assustadíssima, ainda por cima, presa naquela casa horroroso, à beira do Aranho e do morcego que iam lançar-lhe um feitiço para ela gostar do Aranho, mas, quando o A ranho levantou a varinha do príncipe Ken no seu cavalo voador, pegou na mão de Tiara e trouxe-a para o castelo. Naquele preciso momento, Ken e Tiara tinha trocado um olhar apaixonado e, por esse motivo, realizou-se o casamento real, onde Tiara ia tornar princesa, e toda a gente foi convidada, desde os ricos até aos pobres…

Tiara estava vestida com o seu vestido deslumbrante; branco e rosa; e Ken com um fato elegante: branco e azul, os dois acompanhados pelas três irmãzinhas: Estrela em cima do seu pónei a segurar nas alianças, Sissi os com bolinhos de casamento e Lídia agarrava no ramo de flores cor-de-rosa. Estavam todos muito lindos com as suas coroas douradas de ouro.

Foi um dia extraordinário, que ninguém esqueceu, Passou um ano e o casalinho teve um príncipe chamado Afonsinho, um menino muito dorminhoco, que adorava a sua família do fundo do coração!!!

No reino, estava tudo feliz, mais um membro para a família… mas será que o senhor Aranho estava também feliz??? Estava sim, finalmente, encontrou uma coruja que é tão feia como o Aranho…

Todos estavam felizes, só falta vocês irem para a caminha para ver se têm um sonho tão emocionante como a Beatriz, que todos os dias fica ansiosa para ir dormir…

           

 

                            

 

                                                    Linda Inês, 5.ºC

 

 

 


sinto-me:

publicado por supersusana às 00:20
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

O ABECEDÁRIO SEM JUÍZO

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

Julho 2006

participar

participe neste blog

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds